PROJETO UM POLVO DE AMOR – THE OCTO PROJECT

Projeto Um polvo de amor - The octo project
Olá pessoal, tudo bem?
Vamos conversar sobre o projeto social um polvo de amor ou The octo project?!?!
Em conjunto com a artesã Neila Dalla Costa, entramos nesse projeto em prol de um único objetivo: ajudar vidas!

Esse projeto surgiu na Dinamarca em fevereiro de 2013. Eles são um grupo de voluntários que usam fio 100% algodão para fazer polvos de crochê que são distribuídos gratuitamente em hospitais para bebês prematuros. Em pesquisas feitas, foi considerado que os tentáculos dos polvinhos se assemelham ao cordão umbilical e relembram os bebês no seu tempo no útero materno.

Uma das regras do projeto octo é que o padrão (receita), seja apenas para uso privado e que a venda deles seja proibida.

Você não precisa de permissão para iniciar um Projeto Octo, mas eles passam informações por e-mail: danishoctos@spruttegruppen.dk

FONTE: Spruttegruppen.dk

Esse maravilhoso projeto chegou aqui no Brasil com muita força e muitos artesãos estão se organizando para fazer doações em hospitais.
Todos podemos ser voluntários e só precisamos de uma pessoa à frente para ir em busca de informações em hospitais, para assim sermos doadores. Infelizmente ainda tem hospitais no Brasil que não implantaram o projeto, mas acreditamos e esperamos que seja só uma questão de tempo.

Saiba agora como proceder para fazer o seu polvinho de amor.

– O fio usado para os bebês prematuros e bebês recém nascidos, precisa ser 100% algodão.
– Para o enchimento, o ideal é utilizar fibra siliconada, já que ela resiste à temperaturas de até 170º C.
– A cabecinha do polvo varia de 8 à 14 centímetros.
– Os tentáculos do polvo não devem ultrapassar 22 centímetros quando esticados, e quando fechados no mínimo 16 centímetros.
Para que não ofereça nenhum tipo de risco para os bebês prematuros.
– A Esterilização é feita pelo hospital, mas os polvinhos são doados aos bebês e quando levados para casa, recomenda-se que a lavagem seja feita com os mesmos cuidados que temos com as suas roupinhas.

FONTE: www.prematuridade.com

Agora que você já sabe um pouquinho sobre o projeto um polvo de amor ou The octo project, vamos saber como devemos proceder aqui no Brasil.
Eu fui em alguns hospitais na minha cidade (São José do Campos-SP), e a Neila Dalla Costa foi em hospitais da sua cidade (Caxias-RS), e chegamos a conclusão que cada hospital receptor tem a sua regra em particular.
Nas nossas reuniões a única exigência dos hospitais foi que o fio fosse 100% algodão e que a fibra resistisse a esterilização.
Por isso sempre busque informações com os hospitais da sua região ou procure alguém que esteja à frente do projeto.

Aqui no Brasil você consegue buscar ajuda no site {www.prematuridade.com}.
Pode também enviar e-mail para contato@prematuridade.com e use no título “Um Polvo de Amor” com seu nome completo, cidade e Estado. Os links diretos de doadores e receptores estão {aqui} e {aqui}.

O hospital no qual eu junto com as artesãs do Vale do Paraíba e Litoral Norte vamos fazer a nossa primeira doação, foi aceito todo e qualquer tipo de polvinho.
Segundo a diretora da UTI Neonatal esses polvinhos ajudam também bebês que são abandonados pelos pais e vão para abrigos, bebês que as mamães são usuárias de drogas, bebês que tem microcefala, bebês com síndrome down e muitos outros, pois na maioria das vezes esse bichinhos são a única e maior fonte de segurança e amor que eles terão. Por isso eles aceitam todos e quaisquer polvinho. Os que não são recomendados para os bebês prematuros e ou recém nascidos, vão para os bebês maiores que se encontram lá, em especial bebês e crianças que fazem tratamento de câncer. A ideia do hospital é um dia poder doar um polvo para cada bebê que nasça ou faça tratamentos com eles. Com isso vocês podem ver a importância do projeto e que esse precisa ser para todo o sempre.

FONTE: Hospital São Francisco

Espero de coração que tenhamos ajudado um pouquinho vocês com as dúvidas.
Deixamos aqui o nosso agradecimento a todos que de alguma forma estão participando conosco, em especial todos os artesãos.

ATENÇÃO:
Se você quiser nos ajudar doando polvinhos ou materiais para a confecção dos mesmos, entre em contato por e-mail com Soraia Bogossian (soraiahelena@gmail.com), e ou Neila Dalla Costa (neiladallacosta@gmail.com).

Assista agora a aula da nossa versão do Polvo que foi feita com muito amor… ღღღ

Lista de materiais que usamos na nossa aula:
– 1 novelo 200 gr de Barroco Maxcolor n° 4/4 – Vermelho (3635)
– 1 novelo 200 gr de Barroco Maxcolor n° 4/4 – Preto (8990)
– 1 novelo 200 gr de Barroco Maxcolor n° 4/4 – Branco (8001)
– 1 novelo 200 gr de Barroco Maxcolor n° 4/4 – Amarelo Candy (1114)
– 1 Agulha Soft 3.0 ou 2.5
– 1 Tesoura
– 1 Agulha de tapeçaria nº (16)
– 1 Marcador de carreiras

REDES SOCIAIS SORAIA BOGOSSIAN
E-mail: soraiahelena@gmail.com
Blog:www.mundodesoraia.com.br
FanPage: www.facebook.com/mundodesoraia
Instragram: @soraiabogossian
Youtube: www.youtube.com/mundodesoraia

REDES SOCIAIS NEILA DALLA COSTA
E-mail: neiladallacosta@gmail.com
Blog: www.manuemanias.com
FanPage: www.facebook.com/ManuEManiasCrochet
Instragram: @neila.costa
Youtube: www.youtube.com/NEILADALLACOSTA

APOIO:
www.circulo.com.br

Música do vídeo: www.incompetech.com

Deixe uma resposta